Conhecimento do enfermeiro sobre precauções universais em isolamento e o impacto na segurança do paciente

  • Aline Kelly Valadares Rodrigues
  • Vanessa Alves da Silva
Palavras-chave: Segurança do paciente, Isolamento do paciente, Conhecimento, Enfermeiro e enfermeira

Resumo

As precauções para isolamentos são medidas de prevenção recomendadas pelo Center for Disease Control and Prevention (CDC) e pelo Ministério da Saúde Brasileiro, essas medidas devem ser aplicadas a todos os pacientes hospitalizados, independente do seu estado possível de infecção, tendo como objetivo principal a redução da exposição ocupacional ao material de risco biológico e prevenir as Infecções Relacionadas à Assistência a Saúde (IRAS). A segurança do paciente é definida pela OMS como a redução de risco de danos desnecessários a um mínimo aceitável, esse risco está intimamente ligado à assistência prestada ao paciente. A equipe de enfermagem se encontra em uma posição privilegiada para a redução de incidentes e danos, pois estes profissionais prestam assistência ao paciente 24 horas por dia. O intuito desse trabalho foi analisar o conhecimento dos enfermeiros frente à segurança do paciente em relação às precauções universais em isolamento. Foi aplicado um questionário através da plataforma do GOOGLE FORMS, contendo questões de múltipla escolha e abertas. A análise dos dados quantitativos foi realizada através de digitação em planilhas do programa Excel 2010, já a análise qualitativa foi realizada com base nas diretrizes empíricas de Bardin, as questões abertas foram transcritas para manter as respostas fidedignas, os enfermeiros foram discriminados em números de 1 a 30 conforme ordem de preenchimento do questionário. O presente estudo mostrou que apesar dos enfermeiros terem conhecimento sobre as precauções, ainda pode ser considerada uma preocupação frente à segurança do paciente, sendo necessária a realização de treinamentos pela instituição com ênfase nas Precauções e na Segurança do Paciente.

Publicado
2021-10-02